ULISSES SANTOS - Nacional 0x1 Inter, vitória importante no Uruguai.

O Internacional começou a disputa, com o Nacional do Uruguai, por uma das vagas nas quartas-de-finais da Libertadores 2019. Foi um típico jogo de Libertadores. Sempre que as duas equipes se enfrentam ocorrem jogos com poucos gols e que a tensão permanece até o fim. Dessa vez não foi diferente.


Torcida colorada ocupou todo o espaço destinado aos visitantes.

PRIMEIRO TEMPO
Na primeira etapa ocorreram poucas situações de gol. A primeira foi num escanteio cobrado pelo Inter que Nico Lopez chutou do interior da grande área - quase na marca penal - e que foi salvo por um jogador do time platino. Esse lance ocorreu aos 20 minutos de jogo.

Aos 30 minutos, a resposta do Nacional. Após disputa na entrada da área colorada, o chute uruguaio vence o goleiro colorado Marcelo Lomba mas a bola toca no lado externo da trave e sai pela linha de fundo.


Mais uma vez Guerrero foi decisivo

No restante da etapa inicial assistiu-se uma disputa de meios-de-campo, com outras poucas situações de gol.

SEGUNDO TEMPO

O jogo recomeça e o poucas chances ocorrem para ambos os lados. A disputa entre os atletas parecia sair faísca. Todas as pessoas sabiam que vencer no Uruguai seria um excelente resultado, mas empatar também não seria nada desprezível. Em determinado momento, já se considerava a segunda opção como algo definitivo na história do jogo. Afinal, passava dos 40 minutos e nada indicava que alguém mudaria o resultado do jogo. Até que ocorreram as substituições e Odair Hellman colocou um atleta que quando veio esperava-se muito dele: Wellington Silva.

Já nos acréscimos, Edenílson inicia um contra ataque ao lançar a bola ao meio-de-campo, Guerrero disputa a sua posse toca pra Patrick e dispara observando as movimentações dos companheiros. Patrick avança até a entrada da área e toca na posição em que estava Wellington Silva que projeta-se contra a marcação uruguaia, passa por um, passa por dois para chutar cruzado em frente ao gol uruguaio. Um zagueiro platino tenta interceptar a bola, mas ao faze-lo reduz sua velocidade e a pelota fica a feição do artilheiro peruano Paolo Guerrero que chuta no canto oposto do goleiro do Nacional: 1 a 0.

Se quiser ver os melhores momentos desta vitória épica, clique aqui.


Jogadores comemoram o gol de Guerrero no apagar das luzes

Passam-se poucos minutos e o juiz termina o jogo e a confirmação de uma vantagem maiúscula na bagagem colorada.
O ponto negativo da noite foi a manifestação racista de alguns torcedores do Nacional do Uruguai durante o jogo. Você pode ler aqui a matéria a respeito. Lamentável.

Agora é jogar com a mesma seriedade no jogo no Beira-Rio para garantir a vaga na próxima etapa da Libertadores.

Saudações Coloradas,
Ulisses B. dos Santos
@prof_colorado

Crédito das imagens: Ricardo Duarte (site oficial do Sport Club Internacional)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beira-Rio iluminado em alusão à Campanha de Doação de Órgãos