INTER 3x1 PAYSANDU - outra vitória de encher os olhos

Em uma noite chuvosa e fria, o Inter vence o Paysandu e dá mostras de encaminhar a classificação para as quartas-de-final da Copa do Brasil.


A equipe comemorou muito na noite chuvosa desta quinta


O Inter foi escalado com a sua força máxima contra o Paysandu na primeira partida pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil.  Antes de qualquer coisa é necessário lembrar que eu sou de um tempo antigo. Sou de um tempo em que jogávamos bem contra os nossos iguais e, muitas vezes, sofríamos contra os ditos pequenos.

PRIMEIRO TEMPO

E mais uma vez a equipe do Inter mostrou regularidade, cresceu depois de um início - os primeiros 10 minutos - em que deu a posse de bola para o adversário, partindo para dominar todo o restante do primeiro tempo.

O gringo coordenou as ações no meio de campo.
O domínio colorado foi premiado com uma linda tabela envolvendo Dale, Nico e Guerrero que conclui para as redes da equipe paraense. Dalessandro, que tem um Q de vinho (quanto mais velho, melhor) inicia a jogada, vislumbra Nico que, na entrada da área, passa para Guerrero que chega perto do goleiro conclui com força nas redes do Paysandu:1x0.
Em mais uma atuação de luxo, Guerrero marca duas vezes

Durante todo o jogo o Inter exagerou de perder gols. Se metade das oportunidades resultasse em gol o placar lembraria certo jogo da copa do mundo de 2014 no Mineirão.

SEGUNDO TEMPO

A etapa final começa com os times de uniforme trocado. Pelo foi menos foi essa a impressão, afinal o Paysandu entrou "voando" e atacando o Inter em busca do gol de empate, como se não houvesse amanhã. E o gol de empate não tardou. Aos 6 minutos, ao completar um cruzamento na medida de Bruno Collaço, o zagueiro Micael cabeceia forte no ângulo de Marcelo Lomba: 1x1.

 Neste o momento, por um istmo pensei no pior, mas o grupo de jogadores colorado parece mentalmente preparado para nunca se resignar. Os atletas pareciam decididos a tomar as rédeas da partida e foi o que aconteceu.

Antes do segundo gol colorado, Odair fez a primeira modificação na equipe: saía Zeca e entrava Guilherme Parede que teve uma atuação de destaque. A atuação do meiocampista Rodrigo Lindoso também foi premiada com um gol. Depois de um cruzamento e um cabeceio na direção da pequena área, Lindoso chega antes do goleiro e desvia para o gol: 2x1.

Lindoso comemora seu gol na fria noite no Beira-Rio


Aos 33 minutos de jogo, Sóbis - que entrara no lugar de Dalessandro - cobra o escanteio na cabeça do artilheiro Paolo Guerrero: 3x1 Era o que os antigos chamavam de "efeito procurante", a bola chegou onde estava o goleador colorado que teve muito pouco trabalho. 
Daí por diante o que mais aconteceu de interessante foi a saída de Nico Lopez para a entrada do argentino Sarrafiore.

Agora é "virar a chave" e ir para São Paulo e tentar buscar  pontos contra o Santos. Se vierem 3 pontos, melhor ainda.

Dá-lhe Inter!

Ulisses B. dos Santos
@prof_colorado

Crédito das imagens: Ricardo Duarte (site oficial do Sport Club Internacional)

Comentários

  1. Show.Assim que eu também ví o jogo. Lamento demais os gols perdidos. Um abraço

    ResponderExcluir

Postar um comentário