Rubens José Scherer Marques



Profissão: Bancário e Contador

Uma Palavra: DEUS

Uma lembrança de infância: Jogos com meu pai no Estádio dos Eucaliptos

O que gostas de fazer nas horas vagas  - Pesquisar a história do Inter




Um Livro:  O Gigante da Beira-Rio entra na Literatura Nacional (Livro que retrata a Inauguração do Beira-Rio)




Que tipo de música toca no som do carro? Música nativista e canções do Inter


 Um lugar Inesquecível:

Estádio Beira-Rio e o Estádio do Maracanã, em dez/1975, no jogo em que ganhamos do Fluminense por 2x0 (Lula e Carpegianni) na Semifinal do Brasileirão daquele ano e também por ser o meu 1º  jogo fora do Estado sozinho acompanhando o Inter.  



Um sonho: Ser Bi Mundial

Arrepende-se de algo? De nada



Família (defina): Um alicerce de vida

Amigos (defina):  Pessoas sensacionais pois em nossa vida nos relacionamos mais com amigos do que com parentes. O amigo é escolhido, ao passo que o parente é imposto.







Uma triste lembrança: A saída do jogo contra o Mazembe e a morte de meu pai, um Colorado de Fé.

Uma pessoa que julgas incrível: Meu pai

Qual a sensação de ter ido ao jogo de Inauguração do Gigante?

Eu chego a me arrepiar só de escrever isto.  Em 04/04/1969, data em que o INTER faria 60 anos, eu e mais 05 alunos do Colégio Militar fomos pela 1ª vez ao Estádio Beira-Rio, após a obra concluída, para ensaiar a apresentação que se daria no dia 06/04/1969, a Inauguração oficial que precederia ao grande jogo Inter x Benfica.  É uma sensação Intangível que ficou marcada em meu DNA COLORADO.



Como é a sua ligação com o Internacional?
(Como surgiu e até os dias de hoje)

Eu não tenho explicação.  O meu pai era Sargento do Exército e servia aqui no Bairro Serraria.  Tinha um colega, o Major Mário Doernt, o qual lançou o Preparador Gilberto Tim. Eles iam a todos os jogos e treinos do Inter e eu ia junto.  Fui a muitos jogos nos Eucaliptos, inclusive a Estréia do nosso Valdomiro Vaz Franco, contra o São Paulo de RG, em noite inesquecível.   Depois fui trabalhar em Sant'Ana do Livramento/RS mas jamais deixei de ir aos jogos do INTER.  Atualmente fui eleito Conselheiro pelo INOVEINTER e pretendo lutar bastante pelo nosso amado Colorado.








Um jogo inesquecível:
Cito 02.....Inter 2x0 Fluminense, no Maracanã em 1975 e Inter 1 x 0 Barcelona, em 2006.



Um lance ou gol inesquecível:
Também cito 02 que eu assisti - Gol de Bráulio contra o Cruzeiro BH, o qual notabilizou ele como Garoto de Ouro e Gabiru em 2006.

Um ídolo no futebol:

Valdomiro Vaz Franco - O jogador que mais vestiu a camiseta do Inter e o que mais se identificou com o nosso Clube.


Três maiores jogadores colorados  que vc viu jogar:

Bráulio, Dorinho e Falcão
   
Três piores  jogadores colorados que vc viu jogar?

Sendo Colorado, não consigo citar nenhum.

Três melhores técnicos do Inter que vc viu trabalhar.

Rubens Minelli, Ênio Andrade e Daltro Menezes

Tens algum hobby relacionado ao Inter? Coleciono tudo sobre o INTER.






Como torcedor dentro do estádio, tens algum ritual? 

Faço o sinal da cruz uma 1.000 vezes por jogo.



Onde estavas no dia 17 de dezembro de 2006?  

Em Sant'Ana do Livramento/RS, no Bar Siboney, assistindo a final inesquecível para nós Colorados.

O que esperas do Internacional em 2015?

Espero o TRI da Libertadores.


Foto com Larry - Homem da inauguração do Olímpico 

Deixe um recado aos leitores do site / fan Page  Bar Colorado

Nunca deixe de realizar o SONHO de ser COLORADO.  Eu já fiz de tudo para acompanhar o nosso INTER e jamais me arrependerei.  O INTER é uma tatuagem que está na nossa alma e seu estigma faz parte de meu DNA.  Um abração a toda a NAÇÃO COLORADA.





Comentários

  1. É UM ORGULHO IMENSO SER COLORADO E PARTILHAR COM TODOS DESTA ENTREVISTA.

    ResponderExcluir

Postar um comentário