Rosana Duarte Siqueira

Rosana Duarte Siqueira



Nome: Rosana Duarte Siqueira

Profissão: Comerciária

Uma Palavra: Paixão

Uma lembrança de infância: Lembro brincando ao lado de minha falecida mãe na Escola Sarmento leite onde ela era merendista e eu a acompanhava nas rotinas do trabalho. Na escola havia uma grande árvore,com balanços e escorregadores. Estas imagens eu trago como lembrança de meu breve convivio com ela já que ela faleceu quando eu tinha 9 anos.

O que gostas de fazer nas horas vagas? Acessar  redes sociais mantendo contato com amigos e me atualizando. Caminhar no parque.
Ler jornais e revistas. Passear no shooping. Ir a barzinhos com amigos preferencialmente onde tenha música ao vivo(samba). Dançar. Passear no gasômetro, no marinha.

Um Livro: O poder do pensamento positivo. Só não lembroo nome do autor

Que tipo de música toca no som do carro? Depende do momento. Preferencialmente pagode . Porém, tenho todos os gêneros musicais no carro, romântica,sertaneja,pop rock e especialmente músicas do Inter Ataque colorado, Popular.

Um lugar Inesquecível: Dubai



Um sonho: Viver muito para poder compartilhar de momentos felizes  junto a minha família,filhos e netos. Vê-los  felizes,com saúde e realizados. Ter tempo enfim em vida para poder resolver todas as pendências existentes . Ver meu Inter BI Mundial.

Arrepende-se de algo? Não ter ido ao mundial de Tóquio.

Família (defina): Minha razão de viver. Sou uma verdadeira “leoa”com meu filhos.Meus filhos. Minha vida.

Amigos (defina): Importantíssimos  em nossas vidas. Estão sempre ao nosso lado em qualquer caminhada.  Como costumamos dizer “quem tem amigos,tem tudo”.



Uma triste lembrança: Morte de minha mãe e minha avó.

Uma pessoa que julgas incrível: Nelsom Mandela. Pela Paz.

Como é a sua ligação com o Internacional? Como dizem as pessoas ligadas a mim(e até as que nem conheço)sou fanática pelo Inter. Ops o certo é Apaixonada. O Inter entrou na minha vida quando eu tinha 12 anos,um pouco após a morte de minha mãe ,meus momento de lazer devido a condição social precária era ver TV e escutar rádio. Minhas tardes de domingo era ouvir jogos do inter. Ele era minha paixão,meu lazer.  A copa naqueles ano 1972 se chamava Roberto Gomes Pedrosa ,lembro de jogos com Palmeiras que eram verdadeiros duelos..éramos roubados descaradamente.Comecei a ir no estádio  em 1979com um namorado colorado. Lembro que em dias de gre-nal, íamos para o estádio as 10hs da manhã,desciamos no centro e percorriamos a pé a Borges(igual ao caminho do gol) naquela época o uso de ônibus era grande pois não haviam tantos automóveis. Minha grande decisão que lembro foi o Tri Brasileiro,BR lotado. Depois vieram os filhos e me ausentei do estádio um pouco ate porque o marido era azul. Mas mesmo não indo ao estadio o manto estava sempre ao meu lado e acompanhava sempre as noticias pelo rádio,tv e jornais. Fui apaixonada pelo Falcão kkkk até carta enviei a ele...Vieram os anos 90 lembro de ir com meus 2 sobrinhos colorados a város jogos e naquele tempo a palavra mais falada por nós era “Agora vai” que nada não ia mesmo....lembro de várias derrotas vistas ali da superior ..mas parecia que a cada derrota meu amor pelo Inter aumentava ,eu sabia que um dia sairiamos daquela. Vieram anos 200o  tempos de vitória. Me associei em 2004 ...veio 2006 e a frustração de não ter ido ao mundial....Veio 2010  Mundial em Dubai e lá fui eu promessa feita e cumprida acompanhar meu inter mesmo com grandes sacrificios fnanceiros. Fui a Quilmes naquele jogo histórico e inesquecível pela dramaticidade...nunca sairá da minha cabeça aquele gol, o nosso choro coletivo de uma nação apaixonada..Já fui a BH,São Paulo ver meu Inter. Ano passado fui a todos os jogos Caxias e Novo Hamburgo. Levo rosas vermelhas na Santa Rita todos os anos em agradecimento(meu filho gremista diz que ela é Colorada). Participei de vários encontros do Projeto Mulher Colorada ,ajudei em arecadações de donativos,entegas de rosas dia das mães. Leio diariamente jornal  começando óbvio pelas notícias de futebol e do inter. Brigo por ele,choro por ele,uso camisetas,bandeiras sempre que viajo. Já levei o manto por exemplo nas Muralhas da China...em 2007.Meu carro tem decalque. Enfim este é um pqueno relato da minha paixão e ligação com o inter. Sou uma APAIXONADA por ele e costumo sempre dizer quando me convidam para eventos “Vou ver se tem jogo do Inter depois eu confirmo” isto demonstra o quanto ele está presente na minha vida,ele é meu amigo,meu companheiro,meu Amor.



Um jogo inesquecível: A conquista da primeira libertadores nos fez pasar de nivel ,de categoria,parecia impossivel acontecer e aconteceu. Portanto o jogo da final 2006 com São Paulo foi inesquecível e o 2 claro foi o mundial

Um lance ou gol inesquecível: É muito difícil tenho vários. Gol do Falcão aquela tabela com escurinho, Gol do Dunga contra Palmeiras que evitou o rebaixamento. Gol Dalessandro em vitórias em grenais vários)gol do Tinga na Libertadores 2006. Gol 1000 do Fernandao em grenal. Gol do Giuliano em Quilmes 2010 (gol da fumaça) mas pela importância ogol inesquecível será do Gabiru no Mundial

Um ídolo no futebol: Fernandão



Como é a Rosana torcedora dentro do estádio, tens algum ritual?  Costumo chegar sempre cedo ao estádio,fico atrás do gol junto a Popular e sempre em pé próximo a mureta.. Levo minha Santa Rita sempre. Em jogos pela TV meu ritual é sair da sala quando o jogo está nervoso ou for decisão. Meu maior ritual é rezar para Santa Rita de Cássia.

Conta uma história que julgas interessante da tua trajetória como torcedora:

Tenho várias histórias pra contar mas lembro de uma que tem a ver com minha crença e ritual. Na final Libertadores 2006 contra SP, eu fiquei nos últinos 14 minutos do jogo ajoelhada com a imagem da Santa Rita na mão rezando. Aquele título não poderiamos perder e com esta atitude  fizemos um gol e fomos campeões. Os torcedores aomeu lado bateram palmas para mim.


Participas de alguma torcida organizada? Sou sócia colaboradora da FFC viajo com as gurias sempre quando a viagem é de ônibus pela segurança que a torcida oferece e pelas amizades . Porém, nos jogos do BR  fico  perto da Popular pela alegria,pelos cânticos,pela energia.

Onde estavas no dia 17 de dezembro de 2006?na casa de vizinhos no meu condominio

O que esperas do Internacional em 2014? Vencer a Copa do Brasil ou o Brasileiro. No mínimo se classificar para libertadores.  Trazer de volta o Fred,não suportomais não ter um jogador de arranque. Contratar e ter um banco de qualidade onde eu possa ver um jogador  para  entrar e desequilibrar uma partida. Que a diretoria consiga manter as contas equilibradas com capacidade administrativa, que o nosso marketing  volte a ser como era e leve o nome do inter a todos os recantos,que saibam usar nosso poder de marca. Que a política e interesse pessoais não se sobreponham ao ser colorado e a busca por vitórias e títulos. Que todos se engajem como em 2006 e 2010 pela busca de títulos....




Deixe um recado aos leitores do site / fan Page  Bar Colorado


Quero pedir aos torcedores que sejam atuantes, que prestigiem nossos jogos no BR afinal somos 120mil sócios. Nosso grito já fez do BR uma verdadeira panela de  pressão. Nosso grito e nossas músicas podem virar um resultado negativo. Portanto vá ao estádio,não se acomode,estimule amigos. Não se deixe influenciar por dificuldades de transportes,segurança...Eu vou sozinha a anos e o BR é minha segunda casa.

Vista sua camiseta sempre que for possível,use-a com orgulho não tenha vergonha em especial as mulheres ...use em restaurante em shopping...nossa auto estima tem que estar sempre nas alturas somos muito bons,no estado somos maiores vencedores de campeonatos e grenais...somos também bi libertadores, tri nacional invicto.campeao mundial e por ai afora que todos sabem

Portanto amem,respeitem,se orgulhem de SER COLORADO!


PAZ SEMPRE!



Entrevista feita pela Luciana Lima

Comentários