Fred Colorado

Fred Colorado




Nome:  FredColorado

Profissão: Publicitário

Uma Palavra: Família

Uma lembrança de infância: A Final de 75 e 76 no Beira-Rio

O que gostas de fazer nas horas vagas? Gosto de ficar com a minha família, viajar, cuidar da casa, passear e tb curtir as coisas do Inter.
Hoje, provavelmente eu tenho o maior acervo digital do Inter com mais de 200.000 arquivos( vídeos, fotos, audios). Um material farto e bem diversificado do clube que estou sempre tentando organizar (por datas, importância, etc...). É uma coisa que gosto muito de fazer.

Um Livro: O Tempo e o Vento

Que tipo de música toca no som do carro? Tudo, desde música Gaúcha, Inter, Pop, Rock e até música clássica...

Um lugar Inesquecível: Lake Tahoe (EUA) e Paris


Um sonho: ver o Inter Bicampeão Mundial ao vivo e a cores...ainda vou conseguir...


Arrepende-se de algo?

De não ter ido para o Japão. Mas a grana era curta mesmo...só que vendo os vídeos do pessoal que fiz um filme do Mundial em 2006, a vontade de estar lá era uma coisa ABSURDA!!!
Poder editar aqueles vídeos foi mágico para mim...



Família (defina):  A Família é tudo na vida gente. Ela te dá apoio, amor, compreensão e tudo o que vc precisar. E sem interesse.




Amigos (defina):  Quem tem amigos é uma pessoa feliz, depois da família os amigos são aqueles que nunca te deixam na mão.


Uma triste lembrança: A perda do meu pai e da minha mãe muito cedo.

Uma pessoa que julgas incrível: Minha esposa. Uma ótima mãe, uma mulher incrível e uma grande companheira.



Como é a  sua ligação com o Internacional?
A história de uma paixão!
Eu morava no México e infelizmente, meu pai faleceu por lá. Como os parentes da minha mãe eram todos daqui, acabamos por desembarcar nessa terra querida e abençoada. Nunca me esqueço, o dia que vim de “mala e cuia” pra cá e meu tio me disse: Bah guri, aqui no Sul tu vais ter que escolher o teu time. Tem o Azul e tem o Vermelho. Eu sou colorado e um dia se quiseres, te levo no Gigante.
Como sempre tive a preferência pelo vermelho, cor do sangue e da paixão, não titubeei. Lá fomos nós ao Gigante. O ano era 1975. E o jogo era Inter e Fluminense pela 2º fase do Brasilerão. Que loucura, que torcida, que time, meus Deus, era PAIXÃO a primeira vista. Ali começara a nascer, sem a menor sombra de dúvida, uma grande história de amor e paixão por um clube chamado Sport Club Internacional. O Meu Inter do coração.
Os anos foram passando e fomos empilhando títulos e mais títulos. Eu tinha apenas12 anos e já era tri-campeão Brasileiro INVICTO. Era demais, não podia ser melhor. Mas como tudo que é bom não dura pra sempre, os anos “se foram” e vieram as “vacas magras”, os “quase”... passamos depois pra fase do “se”. Se fizéssemos mais um gol, se não perdêssemos aquele jogo, se aquela bola não tivesse entrado...ah, como foi duro. Mas o meu lugarzinho no cimento do Beira rio tava sempre ocupado. Perdendo ou ganhando, com chuva ou com sol, uma coisa era sagrada: TEM JOGO DO INTER, “eu tô lá”.
E assim foi indo por anos e anos.Aos trancos e barrancos fomos sofrendo e vibrando com nosso time, sempre na esperança que um dia chegaríamos ao topo.
Depois de quase cair no fim da década de 90 e no inicio dos anos 2000, veio a reformulação, algo tinha que ser feito. O Inter era GRANDE demais para passar por situações vexatórias como as de 99 e 2002. Minha vida mudou, casei tive 2 filhos, uma mulher maravilhosa e...o meu inter??? Só tava faltando ele...
Olhava para o meu guri e via nele aquele mesmo brilho no olho que eu tinha ao ver aquele timaço da década de 70 jogar. Mas ainda tava faltando um título, um título “daqueles”, pra gremista nenhum poder botar defeito. 2005 chegara e com ele uma esperança: reforços, estrutura, torcida. Enfim tínhamos todos os ingredientes para chegar ao topo, era só cuidar dos detalhes. Mas, mais uma vez a sorte não sorriu para os colorados. Fui na Bombonera, demos um show, porém caímos de quatro... uma goleada que, sem dúvida aconteceu para nortear o nosso rumo...sabíamos que era difícil mas tínhamos tudo no seu devido lugar. Era apenas questão de tempo.
- Pai, quando que o Inter vai ser campeão????
"Te acalma guri, 2006 vem aí e a gente vai chegar lá, pode apostar"
Chega 2006 e a ORQUESTRA está pronta, os instrumentos estão afinados, o maestro está preparado e VAI TER que ser dessa vez. E a sorte sorriu para o Colorado. No dia 9 de junho de 2006, eu e minha esposa vimos com os nossos próprios olhos, o Morumbi silenciar, a torcida colorada não parava um minuto de cantar e o time jogou demais. Era a consagração. Saímos do Morumbi com uma certeza: O inter Será o Campeão da América. Uma semana depois, com uma atuação heróica o colorado ratificou o que estava faltando nas nossas vidas. O tão sonhado título da América em cima do Campeão do Mundo. Era um feito épico, digno do meu colorado.
Mas a história estava apenas começando... Íamos ao Japão, enfrentar nada mais que o todo poderoso Barcelona com toda aquela constelação de estrelas e craques que eles tinham. Na teoria a chance era quase zero. Mas na prática tínhamos 11 guerreiros em campo, milhões de colorados apoiando e um sonho pra concretizar. Era David contra Golias. Abel e F9 estudaram o adversário ao extremo. E o bolo surpresa foi servido aos 35 minutos do segundo tempo numa jogada maravilhosa do Iarley para o Gabiru fechar a tampa do caixão do Barca. Era a Consagração!
PODE ASSOPRAR a velhinha colorado, o Inter é CAMPEÃO DO MUNDO FIFA e o meu coração quase quer sair pela boca. É muita felicidade, é muita paixão. O MEU INTER subia no lugar mais alto de todos e eu era a pessoa mais feliz do mundo. Ah, como é bom ser colorado, como é bom...




Um jogo inesquecível:

Pra mim foi Inter 2x1 SP em 2006 no Morumbi. Foi um jogaço. Calamos 70 mil São Paulinos que já se consideravam campeões. Foi emocionante ver o Sóbis estraçalhar o SP em pleno Morumbi



Um lance ou gol inesquecível: O Gol do Gabirú. Não tem como descrever essa sensação. A gente voou literalmente naquele 17 de dezembro de 2006.

   
Um ídolo no futebol: Guiñazu. Um guerreiro dentro de campo e um fenômeno fora dele. E Fernandão é claro. Com a sua liderança conquistamos o planeta.



  
Você entra em campo com as crianças do Projeto Criança Colorada. Faz as fotos, etc... Mas como é o Fred torcedor?

O Fred torcedor é um apaixonado pelo Inter. Fanático, louco, pula, briga, xinga...Quando tem Grenal e Inter x Corínthians tenho que sair de perto das crianças porque eu falo muito palavrão. São 2 jogos que eu realmente não consigo me controlar. E Além do Projeto eu viajo com os consulados do Inter por todo o RS, SC, PR. É muito bacana esse trabalho da Comunicação Social do Clube. Você as vezes viaja 1000 km e vê mais de 2000 colorados em um evento muito distante de Porto Alegre. É aí que a gente vê o que é a força desse clube GIGANTE.
Também fiquei muito feliz em fazer parte da equipe que fez o espetáculo  PROTAGONISTAS no dia 5 de abril. Uma festa que entrou para a história dos grandes espetáculos do sul do país.




Onde estavas no dia 17 de dezembro de 2006?

Eu estava na casa de um grande colorado junto com um montão de colorados...foi emocionante viver aqueles momentos maravilhosos   www.youtube.com/watch?v=U4f5RPbOWJ8 - dá p espiar no Youtube.


O que esperas do Internacional em 2014?
 Espero o que todos os colorados esperam: Um Título Nacional. Ganhamos a América, o mundo, ganhamos tudo...mas muitos não viram o Inter da década de 70 e o gostinho maravilhoso de ser Campeão Brasileiro. Tá na hora.




Deixe um recado aos leitores do site / fan Page  Bar Colorado:

O Recado é que apoiem e acreditem na força dessa camiseta SEMPRE. Esse time tem história, tem títulos, tem torcida e tem TUDO para se manter sempre no topo. É claro que é impossível ganhar todos os anos mas nossa obrigação é lutar pelos primeiros lugares, por taça, títulos e um clube cada vez maior e melhor estruturado.
Precisamos de cada vez mais sócios para podermos competir de igual para igual com os grandes de SP e RJ.

Das águas construímos um GIGANTE então só por esse fato é que NUNCA se pode duvidar e desacreditar no Inter. Ele com certeza é o GRANDE AMOR DA NOSSA VIDA!!

Mais do que ONTEM e MENOS DO QUE AMANHÃ eu sempre serei SPORT CLUB INTERNACIONAL.


Entrevista feita pela Luciana Lima 

Comentários

  1. São colorados assim que nos enchem de orgulho.O entrevistado,só conheço de vista,mas sou admiradora do seu trabalho e do seu coloradismo.Vi,que em comum, temos a frustração de nao ter ido ao Japão.Na época, tbém nao tive condiçoes de ir.Mas,no próximo,estraei com meu INTER seja onde for.Desejo ao amigo que possa estar lá tbém. Bela entrevista! Parabéns ao Fred e Luciana...

    ResponderExcluir
  2. Bah cara,tu és demais. Grande colorado.

    ResponderExcluir
  3. cara, to com meu filhote de 1 aninho e 4 meses, e ele está aprendendo a falar e cantar, e queria muito aquela música do projeto criança colorada para ensinar pra ele. e não to conseguindo achar em lugar nenhum! você não consegue me enviar ela. ficaria muito feliz!
    meu email: marcosnogueira2007@yahoo.com.br
    face: facebook.com/marcosnogueira2007

    ResponderExcluir

Postar um comentário